jusbrasil.com.br
27 de Janeiro de 2022

Inventário

Você sabe o que é?

NATÁLIA GOULART, Advogado
Publicado por NATÁLIA GOULART
há 7 meses


 É o procedimento para identificar todo o patrimônio do falecido, (inclusive dívidas), a fim de possibilitar a transmissão dos bens aos herdeiros, por meio da partilha.

 ESPÉCIES:

 >EXTRAJUDICIAL:

  Feito por meio de escritura pública lavrada em cartório, caso os herdeiros estejam de acordo com a partilha dos bens.

  Este meio tende a ser mais barato e mais célere (rápido).

  IMPORTANTE:

 -É indispensável que entre os herdeiros (filhos) não exista menor de 18 anos ou incapaz;

 -Ausência de TESTAMENTO.

 -É indispensável que seja feito por um advogado;

 > JUDICIAL

 -É o caso de os herdeiros não concordarem a respeito da partilha dos bens;

 -Existe um testamento;

 -Presença de menores de idades ou de incapazes.

 É por meio de processo judicial, dependendo da decisão de um juiz.

 Tende a ser mais demorado e, a considerar as condições dos herdeiros e dos bens a inventariar, será mais oneroso (caro), entretanto, tem a possibilidade de pedir JUSTIÇA GRATUITA.

É indispensável que procure um advogado de sua confiança e se possível especialista na área, para que assim busque a melhor solução para o seu caso.


 Qual é a sua dúvida sobre esse assunto? Não fique com dúvida, deixe seu comentário para que possamos auxiliar você!!

  Te convido a me seguir nas redes sociais, onde compartilho mais sobre o meu trabalho e rotina, e o seu feedback é muito importante!


https://www.instagram.com/nataliagoulartrs

https://www.facebook.com/adv.nataliagoulart

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)